Casa do Contabilista   /   Artigos   /   10/08/2010 - Prêmio Mulher de Negócios SEBRAE

Enquete

Últimas Notícias

10/08/2010 - Prêmio Mulher de Negócios SEBRAE

Já estão abertas as inscrições para a sétima edição do Prêmio Mulher de Negócios do Sebrae. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pela internet no site  www.mulherdenegocios.sebrae.com.br ou pessoalmente nos escritórios regionais do Sebrae-SP em todo o estado. Podem se inscrever proprietárias de micro e pequenas empresas e líderes de associações e cooperativas para contarem suas histórias de empreendedorismo no mundo dos negócios.

“Este ano, a nossa expectativa é conseguir mais de 500 inscrições na etapa de São Paulo”, explica Ana Luiza Santos Santana, coordenadora estadual do Prêmio Mulher de Negócios.  Na última edição, foram registradas 313 inscrições.

Criado em outubro de 2004, o prêmio é uma iniciativa do Sebrae em parceria com a Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres, com a Associação de Mulheres de Negócios e Profissionais do Brasil (BPW) e com a Fundação Nacional de Qualidade (FNQ).  O prêmio, que é realizado anualmente, premia empreendedoras nas etapas estadual, regional e nacional em duas categorias: empresa e grupo de produção formal.

Jeito feminino – As mulheres já representam 35% dos empreendedores que abrem empresas formalmente no Estado de São Paulo, segundo estudos do Sebrae-SP.  Das micro e pequenas empresas no estado de SP, 37% delas são conduzidas por mulheres que empreendem por conta própria, sem empregados, e 29% dos negócios com empregados são dirigidos por mulheres. A projeção do Sebrae-SP para 2015 é que estes números subam, respectivamente, para 45% (por contra própria) e 35% (com empregados). Já a pesquisa internacional GEM, (Global Entrepreneurship Monitor), que monitora empreendimentos nascentes, realizada em 2009 e divulgada em abril deste ano, o empreendedorismo feminino se sobrepõem numericamente ao masculino: dos empreendedores brasileiros, 53% são mulheres e 47% homens o que coloca a mulher brasileira como uma das mais empreendedoras do mundo.

Como escrever a história - Toda a história – do título ao encerramento, manuscrita ou digitalizada - deve ser contada em no máximo 100 linhas. Se for digitar use LETRA ARIAL (FONTE 12). Relatos com mais de 100 linhas serão automaticamente eliminados.

Para contar sua história como Mulher de Negócios, comece pela criação do empreendimento. O que ou quem a inspirou a montar a sua empresa ou grupo de produção? Pretendia trazer alguma novidade ou inovação ao mercado de atuação? Quais as dificuldades encontradas na montagem do empreendimento? O que fez para solucioná-las? Enfrentou dificuldades por ser mulher? Que alternativas criou para solucionar essas dificuldades? Entre outras questões, não se esqueça de contar o que o seu produto ou serviço tem de diferente.

Depois do começo, conte sobre o desenvolvimento do seu empreendimento. Como está estruturado o seu negócio? Conte seus planos e metas, regras de funcionamento, pessoas envolvidas, fontes de financiamento. Escreva sobre o seu relacionamento com os clientes, como você construiu sua clientela.

Tem preocupações com o meio ambiente e a cultura da sua região? Você desenvolve ações sociais? Dê exemplos das ações desenvolvidas.

Finalmente, conte sobre suas realizações e contribuições à comunidade. Quais valores sua empresa gera? Como avalia seus resultados junto aos clientes e colaboradores?

E se pudesse voltar atrás, o que faria de diferente? E o futuro, quais são os planos? Que mensagem você passaria para quem está começando a empreender? Lembre-se: a narrativa tem que atrair a atenção de quem lê!

Serviço:
Prêmio Mulher de Negócios
Inscrições até 15 de setembro de 2010
www.mulherdenegocios.sebrae.com.br


Av. Capitão Salomão, 280 - Campos Eliseos - Ribeirão Preto SP - 14080 210
Fone 16. 3625 7159  |  comunicacao@casadocontabilista.org.br
Desenvolvido pela TBrWeb
Este site atende aos padrões W3C (XHTML / CSS)